Vítima

VÍTIMA

Psicóloga Maria Rita Barros Corbini

CRP 06/82187

 

Sabe quando a pessoa se torna uma vítima? Quando ela não consegue ter controle sobre sua vida. Ou seja, não consegue fazer o que quer o que gosta e sim o que as pessoas querem que ela faça.

A pessoa ao se tornar vítima acaba desenvolvendo um “comportamento autodestrutivo” tornando-se infeliz, vivendo magoada, apreensiva, temerosa, entre outros. Vivendo sempre na espera do que os outros poderão falar ou achar deixando de ser ela mesma para fazer tudo que os outros querem que ela faça.

VÍTIMA NO AMBIENTE FAMILIAR

O ambiente familiar normalmente é o lugar onde as pessoas mais sofrem.

  • Ser deixado por último
  • Aguentar pais críticos
  • Ser comparado com outro irmão ou irmã
  • Não ser respeitado
  • Ter que comer sem fome para agradar
  • Ter que comer o que os outros acham que deva comer

Muitas vezes, a família é o lugar onde se aprende hostilidade, depressão e estresse.

Como mudar e deixar de ser vítima no ambiente familiar? Precisará ter coragem e reagir a este posicionamento de não vitima.

Mas, será que é fácil reagir? Será que as pessoas aceitam nossas mudanças? Será que você terá coragem de mudar? Se você nunca experimentar nunca saberá. Aprenda a falar com as pessoas e se posicionar diante delas dizendo todas as coisas que magoam você e entristecem. Muitas vezes, as pessoas têm comportamentos que para nós parecem inadequados e para elas normais. Por isso, se nunca falar elas nunca saberão que podem estar magoando você.

VÍTIMA NO TRABALHO

  • Quando se trabalha no que não gosta,
  • Quando é obrigado a fazer um curso que não gosta e consequentemente não será um bom profissional,

Sabe como fazer para não ser vítima no trabalho? Procure fazer o que gosta e escolher o curso que goste “Quando você trabalha no que gosta está sendo pago para se divertir”.

VÍTIMA EM REALÇÃO AO PASSADO  

  • Achar que a obesidade é eterna,
  • Seus pais são gordos, você sempre será gordo,
  • Achar que só consegue emagrecer consumindo remédios fortes,
  • Que sempre foi assim “emagrece e engorda novamente”.

Viver preso ao passado acomoda e paralisa as pessoas deixando-as na área de conforto e como são vítimas nem experimentam preferem ficar obesas e viver se lastimando.  Comportamento de vítima.

Lembre-se que podemos mudar sim basta querer e partir para a ação. Reclamar e não fazer nada fará que você continue no lugar onde está. Comece mudando seus hábitos alimentares, praticando atividade física, deixando de beliscar o dia todo, comer só quando estiver com fome de verdade. Verá que as coisas começam a mudar.

VÍTIMA DE VOCÊ

Você pode ter adotado valores éticos e hábitos que podem estar fazendo de você uma vítima. Por exemplo, comer sem estar com fome, além da saciedade e isto com certeza está prejudicando você. Outra coisa é achar que hábitos não podem ser mudados, porque foram adquiridos desde muito cedo.

Você sabia que: COMER DEMAIS e VIVER FAZENDO DIETAS faz com que as pessoas desenvolvam excesso de atividades vitimadoras?

Como: acreditar que hábitos antigos como, por exemplo, comer só porque todos estão comendo, comer por que está triste, sozinha, com raiva, com medo, insegura, frustrada, infeliz. Ou até mesmo quando endeusa a comida como, por exemplo, que ama a comida, que fritura é uma delícia, comer é a melhor coisa do mundo, dizer que adora doce. Este tipo de comportamento faz com que você tenha um relacionamento neurótico com a comida.

PENSE: Será que a comida é tão importante assim? Ou será que você é mais importante?

Caso acredite que só terá “FELICIDADE COMPLETA” comendo tudo que gosta e quer valerá a pena pensar e olhar tudo a sua volta que verá quantas outras coisas poderão lhe proporcionar prazer e satisfação sem que seja só a comida.

Algumas coisas que poderão proporcionar prazer e satisfação sem correr o risco de “ENGORDAR”.

  • Ler um livro,
  • Ficar a toa,
  • Ouvir música
  • Dançar,
  • Andar de bicicleta,
  • Nadar,
  • Caminhar,
  • Dormir,
  • Tomar um banho relaxante,
  • Conversar com pessoas agradáveis,
  • Entre outros

TEMOS A OBRIGAÇÃO DE “CUIDAR DO NOSSO CORPO”

Quando você deixa de cuidar de seu corpo ele pode reagir assim:

  • Adoecer,
  • Engordar,
  • Entre outros

Por que provavelmente está comendo em excesso e não praticando atividade física. Agindo assim, seu corpo poderá “Enguiçar” fazendo com que você fique estressada, tensa, infeliz, sentindo culpa, raiva de você, entre outros. Agora, quando “VOCÊ CUIDA DE SEU CORPO” proporcionando para você saúde, bem estar, autoestima, e emagrecimento.

Por isso, deixe de ser vítima! Cuide-se e EMAGREÇA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2018 Saúde e Sabor Funcional. Todos os direitos reservados.
 Site desenvolvido por DVsmall Agência Digital
facebook-squareyoutube-squareinstagram