Dicas para Uma Compra Saudável - Indo as Compras e Preparando seu Cardápio

Substitua suas idas ao mercado por feiras, açougues e peixarias, você consegue comprar alimentos de melhor qualidade e reduzir o risco de comprar coisas desnecessárias.

Dicas:

1º Faça um cardápio semanal (Exemplo de planilha abaixo)

2º Faça uma lista de compras.

3º Logo que chegar ao mercado vá direto a sessão de hortifrútis, e escolha com calma seus alimentos. Procure sempre levar um alimento diferente para experimentar.

4º Após passe na sessão de frios e compre queijos, iogurtes naturais, manteiga – se necessário, pois você pode fazer esses produtos em casa, e até comprar em fornecedores orgânicos que são ainda mais saudáveis.

5º Açougue e Peixaria – escolha sempre opções mais saudáveis, como as carnes magras, peixes frescos.

6º Produtos naturais – compre suas farinhas, aveia, e outros produtos interessantes. Evite produto Zero açúcar ou Diet, eles são piores que o açúcar. Procure produtos 100% integral.

 

 

Escolhendo os grupos alimentares mais saudáveis para Dieta Low Carb

Gorduras – Azeite de oliva extra virgem – não se deixe levar pelo preço pois azeites muito baratos normalmente não são de qualidade); manteiga ghee  ou manteiga orgânica ou manteiga de búfala; Óleo de coco extra virgem; Manteiga de coco ou de oleaginosas (castanhas, amêndoas, amendoim); abacate, castanhas, pasta de castanhas; Banha de porco artesanal – com moderação pois pode ser causar inflamação e prejudicar o redução do peso;  manteiga de cacau, chocolate acima de 70% de preferência orgânico; óleo ou azeite de abacate, azeite de dendê.

Proteínas - Carne, peixe, frango, ovos- sempre que possível optando pelas versões orgânicas. Frutos do mar, porco e cordeiro- também podem ser consumidos para quem quiser mais variação.

Mantenha uma ingestão de carne vermelha de 2x/semana, além de já ser um fator que contribui para o envelhecimento celular e estar relacionado com aumento de doenças crônicas, quando retiramos a carne vermelha do nosso consumo diário, acabamos colocando outras proteínas no lugar como as proteínas vegetais e, então variamos mais o nosso cardápio.

Para quem digere bem derivados do leite: queijos duros e/ou curados como parmesão, meia cura, serra da canastra ou ainda os queijos de cabra, búfala ou ovelha. Esses queijos são fermentados, e esse processo facilita a digestão. Então se você acha que o famoso queijo branco é melhor – reveja sua opção – eles são ricos em proteínas que dificultam a nossa digestão.

Para iogurte- grego ou integral sem açúcar e sem cor, e com no máximo 2 ingredientes em sua composição.

Caso você seja vegetariano: Use proteínas vegetais em substituição à proteína animal: Quinoa, feijão – topos os tipos, lentilha, grão de bico, tofu, cogumelos, sementes ou ainda ovos e queijos.

Para quem não digere bem os laticínios evite ao máximo, ou começa a fazer “laticínios veganos”.

Frutas – tire o medo de come-las.

Abacate, coco e açaí (sem xarope de guaraná e de preferência orgânicos) são ricas em gorduras e quase não contém açúcar; Morango, mirtilo, framboesa, amora, pitangas tem baixas concentrações de açúcar. Essas frutinhas são silvestres e consideradas de baixo índice glicêmico. O ideal e dar preferência por elas, mas como não achamos com facilidade, seguem outras opções. Outras frutas com teor moderado de açúcar que podem ser consumidas a cada 2 ou 3 dias:

- Ameixa fresca, melão, pêssego, nectarina, goiaba, laranja, tangerina e maçã verde.

- Melancia contém mais açúcar, mas muita água, o que diminui o seu impacto no aumento do açúcar no sangue.

- Maçã vermelha e Pêra, são frutas mais ricas em frutose do que as mencionadas acima, mas com menos açúcar do que as frutas mais doces como banana, uva, mamão e manga. Caso seja difícil não consumir essas frutas, inclua-as a cada 2 a 3 dias também.

Atenção: Não precisa ter medo de comer frutas!
Mas entenda que elas devem ser consumidas com moderação para quem busca controle do peso e a redução de peso.

Evitar o consumo diário de Banana, uva, abacaxi, manga, mamão, figo e frutas secas. Importante: antes de tirar uma fruta da sua alimentação como a banana por exemplo avalie toda a sua ingestão alimentar do dia, e pode ser que a banana se encaixe bem e você não tenha que ficar sem a banana.

Vegetais – liberado todas as Folhas como de alface, rúcula, agrião, mostarda, acelga, almeirão, escarola, couve, repolho e espinafre.

Legumes como abobrinha, berinjela, couve flor, brócolis, pepino, quiabo, pimentões, rabanete, cebola, tomate, aspargo fresco, palmito fresco, vagem.

Evite o consumo diário e nem exagere nas quantidades de cenoura, beterraba e abóbora. Use em suas receitas e pense que tudo deve ser consumido com moderação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2018 Saúde e Sabor Funcional. Todos os direitos reservados.
 Site desenvolvido por DVsmall Agência Digital
facebook-squareyoutube-squareinstagram